4 de agosto de 2013

Se tivesse acreditado na minha brincadeira...

Se tivesse acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teria ouvido verdades que teimo em dizer brincando, falei muitas vezes como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da platéia que sorria.” 
 
  Charles Chaplin