8 de agosto de 2013

Não preciso de opiniões furadas...

Não preciso de opiniões furadas sobre a minha vida, meu trabalho, meus amores, minha forma de conduzir as coisas. Eu tenho o meu jeito que, errado ou certo, é muito meu. Mas me perdoo por isso também.” 
 
  Clarissa Corrêa