8 de agosto de 2013

Fiz como pude e como não pude...

Fiz como pude e como não pude. Do seu jeito fui levando, algumas vezes amor próprio me faltou, mas eu só queria seu amor. Por inúmeras vezes te amava mais do que tudo. E pergunto: E você? Aceitei suas verdades intactas, anulei as minhas. E você amor? O quê? O que você fez?” 
 
  Tati Bernardi.