4 de agosto de 2013

A gente resiste...


A gente resiste, faz tempestade em dia de sol e se não fosse o bastante, cutuca a ferida. A gente se condena, se mutila, se entristece sem motivos. E pra quê? É só mais um dia, como todos os outros que passaram; mesmos problemas, mesmas preocupações e as mesmas obrigações. É só mais um dia vivido, dos inúmeros que estão por vir. A gente acha que acabou, mas na verdade, a história nem começou. É rascunho. O livro ainda não foi publicado.” 
 
  Alugue Felicidade.