27 de julho de 2013

Tento reviver e segurar com força...

Tento reviver e segurar com força algum resto de sentimento, mas ele foi embora mais rápido do que a vontade que tive de retê-lo. (…) Sem resquícios do teu cheiro, sem a cor dos teus olhos tatuada em meus desejos. Sem saudade do sorriso que você plantava no meu rosto, sem lembranças daquela cara de choro que eu ficava quando engolia seco tuas recusas. Nada que vem de você me comove, excita ou machuca. Nada que vem de você me provoca ou toca. (…) Vejo que agora, tenho sanidade nas minhas escolhas e não estou mais frágil como antes. O que chama de orgulho, eu chamo de posicionamento - já doeu uma vez. É que hoje, eu simplesmente não aguento mais tanta gente tentando voltar pra minha vida… Não, não volte mais. Quis ir uma vez, não foi? Então, por favor, fica lá!
   Michael Letto