10 de agosto de 2013

Teus olhos, tua boca...

Teus olhos, tua boca, essas curvas, tudo em você forma o conjunto perfeito que me faz perder os sentidos. Beijar tua boca, ir tirando a roupa ainda provocam instintos insanos em mim como se fosse a primeira vez, gemidos, sussurros, respirações alteradas ecoam em minha mente sempre que recordo daquela noite fria em que só o calor dos nossos corpos juntos me bastava. E cada vez que amanhece o raiar do sol traz junto a lembrança do teu sorriso que segue iluminando meus dias. Estar com você me faz bem, seu amor me faz ser alguém melhor, agradeço todos os dias por poder compartilhar os melhores momentos contigo.” 
 
  Caligrafas e Palavria.